segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Como trocar óleo da Kasinski Comet GT 250

Hoje vou fugir um pouco do tema do blog e partir pro meu lado "motoqueiro". A ideia aqui é mostrar como faço pra trocar o óleo de motor e o filtro da minha motoca. Segundo o manual do proprietário, devemos trocar o óleo da Comet GT a cada 1500 km rodados, lembrando que deve-se utilizar óleo mineral 20W50.

Eu nunca deixo passar os 1500 km. Sempre troco de óleo quando chego no máximo aos 1400 km. É importante lembrar que o filtro de óleo deve ser trocado a cada 3000 km. É sempre assim: uma vez você troca só o óleo, e na outra óleo e filtro.
Particularmente eu gosto do Mobil 4T SAE 20W50. Minha Suzuki Yes já rodou mais de 80.000 km com essa marca e até hoje nenhum sinal de fumaça no escapamento. E o preço desse óleo é bom, você encontra em qualquer loja de motopeças.


















Primeiramente localize e retire a tampa do reservatório de óleo. É uma tampinha redondinha onde vem marcada a especificação do óleo. No caso da Comet vem marcado SAE 10W40 na tampinha, e no manual vem escrito SAE 20W50. Eu perguntei pro mecânico da autorizada Kasinski e me disseram que preciso me ater ao que está no manual. Esse 10W40 é usado nas Comet 250 sim, mas não no Brasil. Segundo ele nosso padrão é 20W50. Até onde isso está correto eu não sei.



















Aconselho a forrar o chão com alguma coisa antes de mexer com óleo. Óleo queimado faz uma meleca grande é ruim de lavar dos pisos. Já tive várias brigas com a minha mãe por causa disso. Eu sempre forro o chão com jornal ou algum tipo de plástico. Utilize uma bandeja não muito rasa para recolher o óleo. A minha já tá bem surradinha pois já troquei muito óleo com ela.

















Se sua moto tiver um cavalete central utilize. Ela fica mais alta e dá pra mexer numa boa. Essas motos não vem com cavalete central de fábrica. E é muito complicado de conseguir um. O meu eu encontrei usado no mercado livre a muito tempo atrás. A conselho todos os proprietários da Comet que procurem um. Sem ele é bem difícil de semexer na corrente por exemplo.

Para soltar a tampa do bujão eu utilizo uma chave de boca 17mm:

















Olhando por baixo da moto dá pra ver bem a tampa do bujão, é esse parafuso sextavado aqui. Consegui tirar uma foto mais ou menos boa dele:
















A seguir solte esse parafuso e deixe o óleo cair totalmente na bandeja.
















Deixe o óleo escorrer bastante. Eu deixo uns 10 minutos, pois os restinhos vão pingando bem lentamente.
O parafuso do bujão da Comet é interessante. ele vem com um imã acoplado na ponta para juntar todos os detritos de metal soltos pelo desgaste. É interessante dar uma limpada nele antes de recolocar.

















Enquanto o óleo da moto vaza é hora de aproveitar para trocar o filtro. Na Comet eu utilizo os filtros de óleo paralelos da Suzuki Yes. O dono da concessionária Kasinski me alertou dizendo que não é bom fazer isso e quis me empurrar um filtro original de R$ 16,00. Acabei optando por pagar R$ 4,00 no filtro da Yes:
Para soltar os parafusos da tampa do filtro eu utilizei uma chave de boca sextavada de 10 mm:



Guarde bem as roscas, pois é facinho de perder isso aqui. Deixe em um local onde elas não vão rolar e ir pra longe. Eu sempre coloco elas na tampa da caixa de ferramentas:

Assim que você soltar a tampa, o óleo do compartimento vai escorrer e fazer uma meleca grande. Isso é inevitável. Mas deixe um recipiente em baixo para pegar esse óleo. E cuidado pra não perder a borrachinha da tampa. Ela cai da peça facilmente, e é um componente muito importante pois é ela que faz a vedação impedindo o vazamento de óleo quando o motor está em funcionamento. Dá pra ver a borrachinha circular preta nessa foto:
Voltando pra moto você vai ver o filtro de óleo todo sujo no compartimento:
Sempre que eu retiro o filtro e descarto ele junto com as garrafas de óleo vazias. Não sei se é o correto, mas já foi =/

Retire aquele excesso de óleo do compartimento antes de colocar o filtro novo. Não é legal deixar resíduos de óleo velho. Eu faço essa limpeza com papel higiênico. Ele absorve bem o óleo e descarto junto com as garrafas e o filtro velho. Depois de limpo coloque o filtro novo com o furo virado para dentro e encaixe bem, desse jeito:
Agora coloque a tampa do compartimento no lugar. Certifique-se que tanto a borrachinha como aquela mola central estão fixas no lugar antes de você colocar a tampa. Depois coloque as três roscas no lugar e aperte. Não aperte muito. apenas o suficiente para deixar o sistema bem vedado.
Isso demora tempo suficiente para que todo o óleo do motor escorra. Agora utilize a chave 17 para rosquear o parafuso novamente. É importante não apertar muito esse parafuso. Pois a rosca onde ele se encaixa é feita de alumínio  Torques excessivos podem espana-la e você vai ter que comprar uma tampa de bujão nova. O mesmo vale para os parafusos da tampa do filtro de óleo.

















Feito isso pegue esse óleo velho e guarde em um recipiente plástico, eu utilizo garrafas pet. Depois procure algum descarte par entrega-los. Algumas oficinas recebem o óleo numa boa, eles são vendidos para reciclagem. O importante é evitar joga-lo em lixo doméstico e muito menos no ambiente. Derramar óleo queimado por aí é uma mancada feia. Depois abra a garrafa de óleo e despeje no reservatório com cuidado. As chances de você errar a mira, sujar a moto e desperdiçar óleo são grandes;

















Verifique o nível do óleo quando for colocar. Trocas de óleo sem filtro utiliza-se 1,45l de óleo, e 1,5l para trocas com filtro. O importante é deixar o nível do óleo do motor entre o mínimo e o máximo, nem muito baixo nem muito cheio. Assim é o ideal:

















Verifique semanalmente o nível do óleo para evitar problemas...
Não esqueça de tampar o reservatório. Eu esqueci uma vez e quase surtei quando percebi:

















É nesse ponto que concluímos nossa troca de óleo. Esse tipo de manutenção preventiva é simples e pode ser feita em casa numa boa. Logo logo eu posto como esticar corrente, trocar velas, pastilhas de freio e tudo mais.

Espero que isso ajude quem queira fazer a manutenção básica na própria moto.
Abraços!!

23 comentários:

  1. Parabéns cara, muito bem explicado, tenho uma comet também e curti sua explicação.

    ResponderExcluir
  2. Parabens amigão! Show de bola sua explicação..

    "Logo logo eu posto como esticar corrente, trocar velas, pastilhas de freio e tudo mais."

    Aguardo estes novos posts do seu lado "motoqueiro" hahaa
    (são de grande valia para quem está iniciando no mundo das motos, ou está tentando se livrar das "facadas" da concessionária)

    Abraço e fique com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos,
      Já levei muita facada de mão-de-obra nas "autorizadas" por aí.
      Serviços de manutenção geralmente são simples e dá pra fazer em casa. A gente só precisa ter paciência e um joguinho bom de ferramentas pra aprender.

      Obrigado!

      Abraço.

      Excluir
  3. Eu nunca tive coragem de trocar o óleo da minha GTR porque achava que não seria fácil, mas com esse excelente post ficou realmente fácil, fiquei disposto a fazer a próxima troca de óleo.
    Aproveitando a oportunidade, você poderia postar aí as outras dicas que citou aqui?
    Outra coisa, saberia dizer como faz para ajustar o relógio da nossa comet?
    Valeu!
    Parabéns pelo post e pela qualidade das imagens e dedicação ao texto.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hugo,
      É facinho fazer a troca. No começo dá medinho, mas depois a gente pega a manha. Não faço a mínima ideia de como ajustar esse relógio, to quase desistindo do meu!!

      Essa semana ainda posto como fiz pra trocar as velas..

      Obrigado,
      Abraço!

      Excluir
    2. Bem, como nosso amigo está disposto a ajudar o próximo, vou deixar minha contribuição aqui também..

      O ajusto do relógio é muito tranquilo basta seguir os passoa abaixo:

      1 - Aperte o botão do relógio (agora não me recordo de cabeça se é o de cima ou o de baixo, mas é aquele que aperta e mostra as horas, ou os km percorridos), aperte até que apareça o relógio no mostrador;

      2 - Pressione o mesmo botão, e mantenha pressionado por + ou - 2 segundos (até que o mostrador da hora e os minutos comecem a piscar). Pronto esse já esta no modo de ajuste, esse é o momento de acertar o relógio;

      3 - Com o relógio no modo de ajuste, apertando o botão de cima acerta-se os minutos, e apertando o botão de baixo acerta-se as horas (ou ao contrário, mas um acerta os minutos e o outro ajusta as horas);

      4 - Repita o passo 2 (mantenha pressionado por +/- 2 seg. o botão que usou para selecionar o relógio no visor). Assim encerrasse o modo ajuste e retorna para o modo normal.

      Aproveitando o post, para informar que o procedimento para zerar os hodômetros parciais é parecido. Quando estiver visualizando o hodômetro, que deseja modificar, no mostrador pressione o botão (de seleção) e mantenha pressionado por cerca de 2 segundos. (até que ele zere).

      Espero ter ficado suficientemente claro. + caso tenham dificuldades (acredito q não vão ter) me avise aqui que gravo um vídeo mostrando o procedimento na prática. :D

      Abraços a todos.. e ainda estou esperando os outros posts/tutoriais ein =D.

      Excluir
    3. Grande Carlos...
      Obrigado pela dica, farei isso amanhã pela manhã.
      Meu último post foi sobre a troca das velas, dá uma olhada.

      Abraço!

      Excluir
  4. Opaa.. já vou la conferir o outro post!

    + e ai, conseguiu ajustar o relógio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, vc acredita que eu nem mexi no relógio ainda??
      Pura preguiça mesmo... e minha moto tá encostada pra trocar relação =/

      Excluir
    2. Hum! Eu tbm estou tentando criar coragem, mas o meu é para dar uma geral, trocar óleo e filtro, filtro de ar, pastilhas de freio...

      Caso vá comprar a relação na concessionária, dá uma olhada la no CometOnline antes, temos uma lista de peças compatíveis, e outra de sites que vendem original, além de membros venderem bem + barato para outros membros.

      Excluir
  5. cara obrigado pelas dicas, cansado de pagar pros outros fazerem isso pra mim.

    ResponderExcluir
  6. veleu as dicas pessoal! são de bom proveito!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Prezados amigos,

    Minha Comet 250 GT, 2011 está desregulada. Algumas vezes, o giro sobe do nada. Ouvi dizer que existe um BUG da injeção. Como resolver definitivamente ? Seria apenas uma regulagem nas borboletas ? Agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, não faço ideia. E o mais complicado ainda é achar um mecânico confiável para fazer revisão nessas motos.

      Excluir
  8. Excelente tutorial amigo!
    Estou largando a mão de Concessionária por conta da mau serviço e por conta de estar fechando todas próximas.
    Vou encarar as revisões básicas e deixar coisas sérias para mecânicos mais conceituados da cidade.

    Você é de onde?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bacana!

      A minha GTR 12/13 esta para fazer 6.000, porém já efetuei a troca pois ví pelo visor que esta baixo e escuro o óleo, então melhor previnir né!

      Eu larguei mão de concessionária, apesar de que, na minha cidade esta complicado. Qual sua experiência fazendo as revisões? Deu algum problema na motoca?

      Excluir
    2. Elder,

      As revisões que eu mandei fazer na concessionária Kasinski foram de mau a pior. Tudo muito caro, e eu não fiquei satisfeito com a mão-de-obra deles. Depois disso eu sempre mandei fazer revisão na Suzuki. Os mecânicos que me atenderam eram show de bola, não tenho reclamações.

      Excluir
  9. muito bom, parabens, eu comprei a 30 dias uma comet 250 2010, a moto show, mas tenho duvidas no painel, se marca corretamente tudo q tem q ser marcado, e na chuva ela fica desligando qdo para nos semáforos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo,
      A minha é modelo 2011 e marca corretamente sim. Quanto a ficar parando nos semáforos em dias de chuva, isso não é normal. Mande sua moto num auto elétrico.

      Excluir